Os números de 2011

Publicado: 1 de janeiro de 2012 em Não categorizado

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2011 deste blog.

Aqui está um resumo:

Um bonde de São Francisco leva 60 pessoas. Este blog foi visitado cerca de 3.400 vezes em 2011. Se fosse um bonde, eram precisas 57 viagens para as transportar.

Clique aqui para ver o relatório completo

Anúncios

Ontem, fuçando o Twitter, vi no site First Showing a notícia do lançamento de um novo extra da Weta Digital, os magos dos efeitos especiais por trás de filmes como “O Senhor dos Anéis”, “King Kong” e “Avatar” sobre o novo filme da série “O Planeta dos Macacos”. Infelizmente, ontem não tive tempo de assistir, mas agora na hora do almoço pude dar uma olhada no vídeo, e ele vale cada segundo dos 3:51 do vídeo. Leia o resto deste post »

 

 

Morre, aos 66 anos, o ator norte americano e ex-jogador da NFL Charles”Bubba Smith”. Conhecido por atuar na série de filmes de comédia “Loucademia de Polícia” (Police Academy) como o policial Moses Hightower (o “Jamanta”), jogou na Liga de Futebol Americano dos EUA (NFL) nos anos 60 e 70 antes de entrar para o mundo do cinema.

O negão vai deixar saudade…

Já que hoje os vereadores de São Paulo decidiram nos brindar com a aprovação do Dia do Orgulho Hetero, essa bizarrice social encabeçada pelos evangélicos da cidade, falemos de alguém que é hetero, mas que desperta os desejos íntimos do público gay, que usa cuecas por cima das calças e roupa colada no corpo. Falemos do Super-Homem!

Ontem vazou a notícia através do site Hero Complex, ligado ao jornal “Los Angeles times”, que Laurence Fishburne viverá Perry White, o editor-chefe do Planeta Diário na nova adaptação do clássico conto dos quadrinhos sobre o alienígena superpoderoso que se torna um dos mais queridos (e odiados) super-heróis da Terra, o Super-Homem. Leia o resto deste post »

Li sobre a série em diversos blogs e sites, por isso não vou creditar ninguém. Estaria sendo mais injusto creditando alguns do que não creditando ninguém.

Acabei de assistir ao episódio-piloto de 3% – 3porcento, seriado de ficção científica brasileiro passado em um futuro em que todos os seres humanos da Terra, ao chegar aos 20 anos, têm a oportunidade de passar para “O Lado de Lá”, um lugar de harmonia, dignidade, respeito e esperança, bem diferente do “Lado de cá”, que a gente já conhece (ou não). Só que para chegar ao “lado de Lá”, eles precisam passar por provas além da capacidade de muita gente.

Não vou ser pretensioso para dizer, como li em muitos blogs, que NUNCA vi uma qualidade assim em séries brasileiras, embora realmente não me lembre de ter visto nada com qualidade tão excepcional, seja no Youtube, seja na telinha. Leia o resto deste post »

É isso aí, galera. Faz muuuuito tempo que não posto nada por aqui. Ando bem sem tempo e um pouco desmotivado para escrever. Quem sabe seja o cansaço. Quem sabe o sono por ter que cuidar de um filho recém-nascido. Quem sabe seja preguiça. Ou nada disso.

A verdade é que eu não tenho assistido nada ultimamente. A última vez que assisti um filme no cinema foi em Dezembro, e eu não curto muito parar para assitir filmes na TV ou no PC. Resultado: não tô assistindo nada.

Para não dizer que não assisti nada, umas duas semanas atrás assisti Distrito 9. Foi um filme que me deixou com uma sensação estranha. Fiquei com dó dos aliens, (LÁ VEM UM SPOILER!!!) com raiva do maluco que desaloja os aliens e vira um deles no final do filme, e revoltado com o diretor: APARTHEID NA ÁFRICA, DE NOVO????? Leia o resto deste post »

Ainda não tive tempo de ir aos cinemas.

Estou numa correria dos diabos, trabalhando, estudando, e ainda de quebra arrumando a casa para o novo membro que chega em junho. Isso ocupa um tempo incrível. Além disso, minha parceira de filmes, minha esposa, está super indisposta com esse lance de gravidez. Imagino que não deva ser fácil…

Mas é isso aí.

Enquanto não posso ir às salas de cinema, e ainda não consegui dar uma contornada nisso, vamos falando de notícias relacionadas ao mundo do entretenimento.

Falemos então de uma figurinha carimbada do cinema popular. Leia o resto deste post »