Andy Serkis: A Revolução dos Bichos será um filme para a família [Animal Farm]

Publicado: 23 de outubro de 2012 em 2010's, Aventura, Drama, Ficção, News
Tags:, , , , , , , , , , , , , ,

Foto do site Hollywood Reporter

Andy Serkis, o ator que viveu Gollum, King Kong e Caesar agora planeja criar uma daptação “suavizada” para o livro A Revolução dos Bichos, de George Orwell.

Em entrevista ao Hollywood Reporter, Serkis fala sobre técnicas de filmagem, sua versão da história e em que pé anda a produção.

Depois de trazer à vida diversos personagens através da técnica de captura de performance, Andy Serkis (King Kong, O Senhor Dos Anéis, O Planeta dos Macacos: A Origem, As Aventuras de Tin Tin) está pronto para produzir e dirigir uma do livro “A Revoluição dos Bichos (Animal Farm) para a telona. Segundo ele, está se cogitando o uso de diversas técnicas de cinema para a produção deste filme, não apenas a captura de performance, em que atores interpretando os personagens são monitorados por equipamentos eletrônicos para que seus movimentos sejam transferidos para o computador.

Informações técnicas à parte (eu não tenho dúvidas de que, com a tecnologia de hoje, e mentes brilhantes como a de Serkis, o filme será um êxito de técnica e imagem), o que me preocupa é a afirmação a seguir sobre a história em si:

“Manteremos o aspecto de fábula, (pretendendo que seja) para um público familiar. Não vamos lidar com o conteúdo político de forma pesada. Tudo será focado na emoção de uma forma que, creio eu, não tenha sido feito ainda. Olharemos de um ponto de vista um pouco diferente do qual  a história é normalmente retratada e representada. Estamos buscando um novo caminho.”

Isso me deixa assim, sabe, meio preocupado. Para mim, A Revolução dos Bichos é uma fábula política por excelência. Tirar o foco da política seria algo como trair demais o conteúdo original (levando em conta que toda adaptação é uma tradução, e todo tradutor é um traidor). Por outro lado, é possível encarar essa produção como um “Animal Farm for Dummies”, como uma versão para que as crianças e pais pouco informados possam se interessar pelo tema.

Pode ser ainda que Andy Serkis esteja, realmente, pouco se lixando para o conteúdo político que Orwell imprimiu na obra.

De qualquer forma, sou fã de Andy Serkis. Espero que, mesmo tirando o coteúdo político da história, ou tornando-o “mais leve”, ele ainda possa nos oferecer shows de atuação na pele de serem não humanos, assim como fez como King Kong e Caesar e Gollum (não assisti Tin Tin pra falar sobre o Capitão Haddock).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s