Nosso Lar (2010) – Um dia você também pode ir pra lá…

Publicado: 13 de setembro de 2010 em 2000's, Ficção, Religioso
Tags:, , , , , , , , , ,
Confesso que fui assistir ao cinema com uma certa relutância. Todos os anos de criação cristã protestante me fizeram ficar com um pé atrás com o tema proposto por Walter de Assis: vida após a morte (ou vida após a vida, como dizem os espíritas). Porém, logo nos primeiros minutos, percebi que a história ia muito além da simples doutrina de uma religião ou filosofia.
O filme conta a história de André Luiz, médico do começo do século passado que, após “desencarnar”, foi surpreendido com o que encontrou no além-vida. Ao descobrir que a vida continua após o fim desta existência, André tem que aprender a viver em “Nosso Lar”, colônia espiritual em que os “espíritos desencarnados” vão para aperfeiçoarem-se e compreenderem muitos segredos desta e de outras vidas antes de mais uma vez habitarem corpos de carne e osso. Muitos ali têm dificuldade em compreender a razão por trás de tudo o que acontece naquele lugar, tão alheio e familiar ao mesmo tempo, e com André Luiz não foi diferente: tendo uma vida de regalias e exageros na Terra, o espírito, agora do outro lado da vida, vê muitos de seus valores e crenças confrontados por uma nova realidade, muito diferente daquela que imaginava que teria depois de morrer.
O ator escolhido para interpretar André Luiz é Renato Prieto, que já participou de sucessos da TV como Sinhá Moça. É um ótimo ator, mas em algumas horas faltou sentimento e em outras houve exagero no que não precisava. Porém, de forma geral, o ator se saiu muito bem como protagonista. Outro papel de destaque foi o de Lísias, interpretado por Fernando Alves Pinto, um cidadão de Nosso Lar que acaba se tornando o guia e amigo de André Luiz, e que o acolhe em sua casa.
Um dos pontos que tem chamado  a atenção na produção do filme é a o trabalho de efeitos visuais usados, produzidos pelo pessoal da Intelligent Creatures, empresa canadense de efeitos visuais, sob o comando de Geof Scott, responsáveis por blockbusters como “Babel” e “Watchmen”. Aliás, este foi um dos motivos das cifras estratosféricas da produção brasileira, que superou “Lula, Filho do Brasil”, até então o filme mais caro (e um dos que deu menor retorno) do cinema brasileiro. Segundo a equipe responsável, seria difícil apresentar todo o conceito em torno da colônia Nosso Lar sem o uso de efeitos visuais computadorizados. Segundo eles, a história piscografada trás detalhes os quais seria impossível recriar sem a tecnologia que temos hoje. Este seria um dos motivos de se ter demorado quase cinco anos para trazer o longa à luz.
Nosso Lar seria apenas mais um filme com tema sobrenatural, não fosse o fato de ser um trabalho baseado no livro supostamente psicografado pelo maior médium brasileiro, Chico Xavier. Isso faz com que ele seja encarado como uma obra religiosa, ainda mais quando ele é tido como uma história real pelos seguidores do espiritismo.Contudo, o fato de ser impregnado de religião não impede que a película seja um ensaio sobre a condição humana, aquilo que sentimos, vivemos, e o que se esperar no pós-morte, tudo através da ótica do espiritismo. É um filme que trata de questões sérias, como a morte e a vida, o amor ao próximo e aos famíliares, o mal e suas consequências.  Quebrando recordes de bilheteria a cada fim de semana, o filme tem levado milhares de pessoas aos cinemas para conhecer a história do espírito que, segundo a crença espírita, descreveu com detalhes uma das muitas colônias espirituais existentes em um outro lugar bem melhor que aqui, mas que, infelizmente, também não dura para sempre.
Anúncios
comentários
  1. […] a Segunda-feira falando sobre o sobrenatural, com uma resenha do filme “Nosso Lar“. Independentemente de eu crer ou não na vida após a morte nos moldes apresentados no filme […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s