Punpkin and Honey Bunny/Misirlou – Dick Dale and The Del Tones (Pulp Fiction-trilha sonora)

Publicado: 17 de agosto de 2010 em 90's, Trilha Sonora
Tags:, , , , , , , , ,

Como prometi ontem, vamos começar a destrinchar a trilha sonora de Pulp Fiction!

E pra começar, nada melhor do que a primeira faixa.

A versão de Misirlou usada no filme foi gravada a primeira vez em 1962 por Dick Dale and The Del Tones. Conta a lenda que durante um show, um dos fãs de Dick Dale disse ser impossível tocar uma música usando apenas uma corda por vez (sem fazer acordes). Dick então executou Misirlou quase da mesma forma como é tocada no filme. Aliás, segundo o Wikipedia, essa música só foi parar no filme por uma indicação de um amigo de Tarantino, Boyd Rice, um músico experimental (ou seja, para ser um gênio nem sempre é necessário pensar em coisas geniais: estar cercado por amigos geniais também faz toda a diferença…). A partir daí, a música que já era conhecida e tocada largamente nos Estados Unidos, gravada por Beach Boys, Agent Orange, The Trashmen e outras bandas, ganhou uma nova dimensão. A música voltou recentemente às paradas de sucesso através de samples usados pelo Black Eyed Peas na música “Pump It”.

Aí é que muitos dizem “tá vendo, o Tarantino não é tão modafucka assim”. É claro, ele não seria tão badass se não tivesse colocado a música no lugar onde colocou, logo após o diálogo de Pumpkin e Honey Bunny. Se podemos chamar esse diálogo de “a cereja do bolo” da abertura de Pulp Fiction, esta é a cereja mais gostosa que já comi. Eu simplesmente não consigo mais ouvir Misirlou sem ouvir antes “If any of you pricks move, I’ll execute every motherfucker last one of you!”. O diálogo simplesmente virou parte da música. Texto perfeito, tempos perfeitos, link perfeito entre os personagens e destes com a música a seguir. Certamente, um dos começos de filme mais fodásticos de todos os tempos (posso passar um tempão só assistindo estas cenas).

Fazendo uma pesquisinha pela internet (Google + Wikipedia), encontrei algumas curiosidades sobre Misirlou. Esta canção, já existia bem antes de Dick Dale gravá-la. A versão que inspirou Dale é grega, e era tocada pelo sue avô quando ele era pequeno. A versão mais famosa em todo o mundo depois da de Dick Dale é a de um cara chamado Michalis Patrinos. Gravada em 1930, a canção fala de uma garota egípcia (é o que significa “Misirlou”). A canção é conhecida em todo o Oriente Médio, acreditando-se ser uma música folclórica existente em diversas culturas antigas como judaicas, turcas e gregas, tanto que cada povo atribui a si a criação da música.

Segue o vídeo com a versão original da música:

E, é claro, fiqume com a versão original de Dick Dale and The Del Tones:

Próxima resenha: Royale With Cheese/Jungle Boogie

E NÃO ESQUEÇA DE RESPONDER A ENQUETE: “Qual é o filme mais importante de Quntin Tarantino?”

Anúncios
comentários
  1. Weliton disse:

    Valeu, eu tava querendo saber dessa musica do Dick Dale e até então eu só sabia que o black eyed peas usou em pump it e acabei encontrando o que eu queria saber aqui, a musica original é mtoo boa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s